Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

Aliados de Moro admitem que vaias serão recorrentes e montam resposta

Sergio Moro foi vaiado ao desembarcar na Paraíba e aliados acreditam que sempre haverá bolsonaristas e petistas para importunar o ex-juiz

atualizado 07/01/2022 18:14

Na imagem colorida, um homem está posicionado à esquerda. Ele veste blazer escuro e gravata preta. Ele possui cabelo pretoRafaela Felicciano/Metrópoles

Aliados do ex-juiz Sergio Moro admitem que as vaias recebidas pelo presidenciável do Podemos ao desembarcar em João Pessoa, na Paraíba, na quinta-feira (6/1), irão acontecer novamente. Mas, na avaliação deles, isso não quer dizer que elas são representativos.

Na visão de deputados que apoiam a candidatura de Moro e o acompanharam na viagem, as vaias partiram de uma “minoria radicalizada” que apoia os dois principais adversários de Moro: o presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-presidente Lula (PT).

A avaliação desses aliados do ex-juiz é que o nome de Moro é o que mais incomoda ambos os lados e, por isso, tende a mobilizar as militâncias bolsonaristas e petistas. Principalmente quando as agendas do ex-ministro forem divulgadas previamente.

0

“É um porcentual pequeno de uma ala radicalizada menor do que a maioria moderada”, avaliou à coluna o deputado federal Júnior Bozzella (PSL-SP), que esteve com Moro na Paraíba. Vice-presidente do PSL paulista, Bozzella é um dos entusiasta do apoio do partido ao ex-juiz em 2022.

O próprio Moro minimizou as vaias recebidas no aeroporto de João Pessoa. O pré-candidato disse que ouviu “uma ou duas pessoas” lhe vaiando e que “provavelmente foram pagas” para lhe importunar. “Nesses tempos de internet, pega duas pessoas, que provavelmente foram pagas, e faz uma gritaria”, afirmou.

Para contrapor a divulgação das vaias, aliados do presidenciável do Podemos já prepararam um vídeo a ser divulgado em breve pelas redes sociais. A peça mostrará o ex-juiz recebendo aplausos e cumprimentos ao desembarcar na Paraíba.

Mais lidas
Últimas notícias