metropoles.com

A notada ausência de Luciano Hang no evento com Bolsonaro e Milei

Ausência do empresário bolsonarista Luciano Havan na CPAC, evento que reuniu Jair Bolsonaro e Javier Milei, foi notada na direita

atualizado

Compartilhar notícia

Reprodução/Redes sociais
Imagem colorida de Javier Milei com Bolsonaro, Tarcisio e Jorginho Mello - Metrópoles
1 de 1 Imagem colorida de Javier Milei com Bolsonaro, Tarcisio e Jorginho Mello - Metrópoles - Foto: Reprodução/Redes sociais

O ex-presidente Jair Bolsonaro e o presidente da Argentina, Javier Milei, foram as “estrelas” da edição brasileira da Conferência de Ação Política Conservadora (CPAC), que ocorreu no fim de semana em Balneário Camboriú (SC).

Uma ausência, porém, foi notada por lideranças políticas da direita brasileira que participaram do evento conservador: a do empresário bolsonarista Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, que é  natural de Santa Catarina.

Relator do PL da Anistia do 8/1 avisa a Bolsonaro que votação atrasará

Usualmente ovacionado em eventos do bolsonarismo, Hang não foi à CPAC, mesmo com a conferência tendo sido realizada há poucos quilômetros de sua casa — o empresário mora em Brusque (SC), a cerca de 40 Km de Balneário Camboriú.

Por que Luciano Hang não compareceu

Segundo bolsonaristas, Hang não foi ao evento porque estava viajando. Desde que Bolsonaro perdeu para Lula nas eleições de 2022, o empresário reconheceu a vitória do petista e tem tentado se distanciar do noticiário político.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comIgor Gadelha

Você quer ficar por dentro da coluna Igor Gadelha e receber notificações em tempo real?