Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Naomi Matsui

Wizard pede depoimento virtual à CPI; pedido será negado

Advogados alegam que empresário está nos EUA

atualizado 14/06/2021 20:02

Carlos WizardDivulgação

Carlos Wizard pediu nesta segunda-feira (14/06) à CPI da Covid que seu depoimento nesta quinta-feira (17/06) seja virtual. A defesa do empresário bolsonarista afirmou ao colegiado que Wizard está nos Estados Unidos.

A CPI também vai negar o pedido dele para ter acesso aos documentos que constam sobre ele na investigação. O entendimento dos senadores é que, por não se tratar de uma ação penal, mas sim de um inquérito, Wizard não tem direito a saber nesta fase o que há sobre ele.

Os advogados enviaram ao Senado uma foto do passaporte de Wizard que mostra que o empresário entrou nos Estados Unidos em 30 de março de 2021, para acompanhar o tratamento médico de um familiar.

“A realização do depoimento por meio de videoconferência não trará qualquer prejuízo à apuração dos fatos ou à qualidade da sua contribuição para os objetivos dessa comissão investigadora”, disse o documento, acrescentando que Wizard não poderia retornar imediatamente aos EUA caso viesse ao Brasil, por causa de restrições sanitárias daquele país.

passaporte Carlos Wizard

Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna