Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto e Eduardo Barretto

Transparência Internacional repudia apoio de Moro e Dallagnol a Bolsonaro

A entidade afirma que associar a luta contra corrupção ao apoio a Bolsonaro é “prestar desserviço à causa

atualizado 05/10/2022 19:42

A Transparência Internacional, organização que atua no combate à corrupção ao redor do mundo, publicou, nesta quarta-feira (5/10), uma nota de repúdio ao apoio de Sergio Moro e Deltan Dallagnol à reeleição de Jair Bolsonaro, usando o combate à corrupção como mote.

A entidade afirma que associar a luta contra corrupção ao apoio a Bolsonaro é “prestar desserviço à causa e desvirtuar o que ela fundamentalmente representa”.

“Desde 2019, a Transparência Internacional vem documentando e denunciando inúmeros episódios de corrupção no governo Bolsonaro e as vastas evidências de crimes cometidos pelo próprio Presidente da República e seus familiares”, diz a entidade.

A organização diz também que denunciou ao mundo o desmanche e aparelhamento do governo Bolsonaro em instituições contra corrupção que o Brasil demorou anos para construir e estruturar.

“A Transparência Internacional Brasil lamenta profundamente que agentes que efetivamente atuaram no enfrentamento a imensos esquemas de corrupção empresarial e política, com ramificações em dezenas de países, emprestem sua imagem à promoção de forças políticas corruptas e autoritárias no Brasil. O discurso da luta contra a corrupção é sequestrado para viabilizar projetos autoritários de poder”.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna