Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Natália Portinari

Sobrinho de Bolsonaro, Léo Índio invadiu Congresso em ato terrorista

Ex-funcionário da liderança do PL, Léo Índio é sobrinho de Bolsonaro e estava no ato terrorista deste domingo (8/1)

atualizado 08/01/2023 20:36

Léo Índio, sobrinho de Bolsonaro, em ato terrorista. Ele tira selfie do alto do Congresso Nacional em meio a várias pessoas - Metrópoles Reprodução

Léo Índio, sobrinho do ex-presidente Jair Bolsonaro, foi ao ato terrorista deste domingo (8/1), em Brasília, e participou da invasão aos prédios dos Três Poderes.

Índio postou fotos e vídeos no meio da invasão ao STF. Em uma das imagens, ele aparece em cima do prédio do Congresso com os olhos vermelhos — possivelmente uma reação às bombas de gás lacrimogêneo.

O sobrinho de Bolsonaro é uma das pessoas mais próximas ao vereador Carlos Bolsonaro. Índio trabalhava na liderança do PL no Senado, mas foi exonerado em julho após ficar meses sem ir ao trabalho.

Ele tentou se eleger deputado distrital em outubro, mas teve apenas 1.801 votos e não conseguiu um assento na Câmara Legislativa do DF.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna