Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Lucas Marchesini

RioFilme cancela edital de games e ignora projetos aprovados

A RioFilme alega que o edital foi cancelado devido ao baixo número de inscrições

atualizado 02/12/2021 16:07

A RioFilme, subordinada à Prefeitura do Rio de Janeiro, criou um edital de fomento à produção de games cariocas, com disponibilidade de oito vagas. Contudo, o edital foi cancelado na primeira semana de novembro sem considerar os quatro projetos que haviam sido aprovados.

Segundo o e-mail enviado pela pasta aos projetos que haviam sido aprovados na fase de defesa oral, o edital foi cancelado devido ao baixo número de inscrições. Eram oito vagas e apenas cinco projetos se inscreveram.

Os responsáveis pelos quatro projetos que foram aprovados na defesa oral questionaram porque o edital não prosseguiu, uma vez que o processo de escolha já estava avançado, mas a RioFilme não deu justificativa. Eles alegam também que a baixa procura não estava prevista nas cláusulas de razões para o cancelamento do edital.

A coluna questionou a pasta, que é responsável pelo fomento e distribuição de projetos audiovisuais no Rio, sobre a questão, mas a RioFilme não respondeu porque os projetos de games já aprovados foram ignorados. Disse que a modalidade será revista.

“Para o ano de 2022, a linha será revista de modo a se adequar melhor às necessidades de estímulo deste segmento de mercado”, respondeu a pasta.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna