Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

Rappi vai apresentar mais queixas contra iFood no Cade

Em 2021, Rappi foi ao Cade reclamar contra a exigência de exclusividade feita pelo iFood a restaurantes

atualizado 15/08/2022 21:11

MOchila-RappiDivulgação

A Rappi prepara uma nova petição a ser apresentada no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), com mais queixas contra o líder no setor de delivery de comida, iFood.

O aplicativo de entregas, que foi ao Cade em 2021 reclamar contra a exigência de exclusividade feita pelo iFood a restaurantes, vem reunindo provas de que o iFood está exigindo exclusividade na oferta de descontos e em campanhas de marketing das marcas junto à plataforma.

Na prática, vai argumentar o app, as duas exigências prejudicariam o consumidor.

A Rappi conseguiu em 2021 que a Superintendência Geral determinasse que o iFood não celebrasse novos contratos de exclusividade.

Agora, o app e outros atores do setor querem ampliar o escopo dessa probição, com a revisão dos contratos já firmados e também a determinação de que não haja a exigência de outras exclusividades.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna