Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

PP lança extremista que atacou STF e ameaçou Felipe Neto

Leandro de Souza Cavalieri será candidato a deputado federal pelo Rio de Janeiro

atualizado 08/08/2022 21:54

Reprodução

Um extremista que participou de um ataque de fogos de artifício contra o STF em 2020 é candidato a deputado federal no Rio de Janeiro pelo PP. O partido do Centrão é aliado de Jair Bolsonaro e tem entre seus líderes o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, e o presidente da Câmara, Arthur Lira.

O empresário Leandro de Souza Cavalieri tentou se eleger vereador em outubro de 2020 pelo Democracia Cristã, sem sucesso. Naquele ano, Cavalieri havia integrado o ataque à sede do Supremo e ido ao condomínio do youtuber Felipe Neto ameaçá-lo.

Em julho de 2020, Cavalieri foi citado pelo então vice-procurador-geral Humberto Jacques de Medeiro, quando a PGR denunciou o deputado bolsonarista Otoni de Paula, do MDB do Rio de Janeiro, por difamação, injúria e coação contra o ministro Alexandre de Moraes. O procurador mencionou que Cavalieri se apresentava nas redes sociais como “assessor político” de Otoni. Cavalieri também se intitulava “guerreiro do Bolsonaro”.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna