Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Lucas Marchesini

Podemos e Moro querem líder do MBL para apoiar Mamãe Falei em SP

MBL lançará o deputado Arthur do Val, o Mamãe Falei, ao governo de SP, e Sergio Moro está de olho no apoio do grupo para a eleição de 2022

atualizado 02/12/2021 8:39

Sergio Moro STF decisao judicialMichael Melo/Metrópoles

O Podemos, partido que filiou Sergio Moro, pediu para que o MBL ceda uma de suas lideranças em troca do apoio à candidatura do deputado estadual Arthur do Val, o Mamãe Falei, ao governo de São Paulo.

Caso o acordo seja sacramentado, Moro subirá no palanque de Arthur do Val durante a disputa estadual, enquanto o MBL apoiará e ajudará o ex-juiz com a candidatura à Presidência da República.

Dirigentes do Podemos demonstram interesse em filiar Kim Kataguiri, mas o deputado federal não dá indícios de que pretende migrar para o partido. Hoje, Kim está filiado ao DEM.

O MBL mantém negociação com dirigentes que integrarão o União Brasil, partido que surgirá da fusão entre o DEM e o PSL, mas a tendência é de que a candidatura de Arthur do Val seja lançada pelo Patriota. Os termos do acordo com o Podemos só serão discutidos após o grupo bater o martelo em relação a esse ponto.

0

Um acordo entre Podemos e MBL poderá simbolizar a segunda baixa para a candidatura de Rodrigo Garcia, o vice-governador que foi escolhido pelo PSDB para suceder João Doria. A campanha de Garcia contava com o Podemos para a composição de chapa, mas a entrada de Moro na corrida eleitoral mexeu as peças no tabuleiro.

Garcia perdeu nesta semana o apoio do PL, que acertou a filiação de Jair Bolsonaro e deverá lançar um candidato em São Paulo a pedido do presidente. Por ser desconhecido do grande público, o vice-governador precisa de uma chapa forte para incrementar o seu tempo de televisão e rádio.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna