metropoles.com

PF encontra possíveis crimes da Polícia Civil do RJ em investigação do caso Marielle

Alguns dos policiais que se envolveram na investigação possivelmente cometeram crimes na condução do caso Marielle

atualizado

Compartilhar notícia

Renan Olaz/CMRJ
Marielle Franco, vereadora do PSol morta a tiros em 14 de março de 2018
1 de 1 Marielle Franco, vereadora do PSol morta a tiros em 14 de março de 2018 - Foto: Renan Olaz/CMRJ

A força-tarefa da Polícia Federal que está auxiliando na investigação do assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes encontrou possíveis crimes cometidos pela Polícia Civil do Rio de Janeiro na condução do inquérito. A PF começou a atuar no caso a pedido do ministro da Justiça, Flávio Dino, em março deste ano.

A apuração da Polícia Federal mostra que alguns dos policiais que se envolveram na investigação do caso fizeram manobras no inquérito no sentido de conduzir a diligência para caminhos sem saída e também induzir ao erro.

O caso Marielle passou por cinco delegados na Polícia Civil e, consequentemente, por três equipes. A Polícia Federal ainda investiga se houve participação de delegados nas ilegalidades.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comGuilherme Amado

Você quer ficar por dentro da coluna Guilherme Amado e receber notificações em tempo real?

Notificações