Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

Nos 100 anos de José Saramago, um guia para a sua obra

Livro será lançado em outubro

atualizado 24/09/2022 18:41

José Saramago Divulgação

Uma das principais críticas literárias brasileiras, Leyla Perrone-Moisés lança em outubro pela Companhia das Letras um livro que reúne ensaios sobre a obra de José Saramago.

“As artemages de Saramago” reúne textos inéditos e outros já publicados em revistas e jornais para construir uma espécie de guia para a obra do único autor em língua portuguesa a ganhar o Nobel de Literatura.

Entre os clássicos que são objetos de ensaios, estão “Ensaio sobre a cegueira”, tido como sua obra-prima, “O evangelho segundo Jesus Cristo”, “Memorial do convento”, “Todos os nomes” e “A caverna”, entre outros.

A tempo: “artemages”, segundo José Saramago escreveu em “Manual de pintura e caligrafia”, era como as pessoas do Alentejo, em Portugal, chamavam as artes mágicas. Perrone-Moisés usa essa metáfora para falar sobre como Saramago mesclava elementos fantásticos e realistas para representar a sociedade contemporânea.

A crítica publicou em 1998 um artigo na Folha de S.Paulo com o mesmo nome que agora dá ao livro, e que pode ser lido aqui.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna