Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Lucas Marchesini

Livro traça memórias da escravidão e liberdade nos Estados Unidos 

Obra é estreia de historiador brasileiro na literatura

atualizado 31/12/2021 1:30

Vozes Afro-atlânticasDivulgação

Um historiador brasileiro faz sua estreia na literatura traçando memórias de escravizados. O livro trata da escravidão, mas também de liberdade e resistência dos africanos que sofreram com trabalhos forçados e tortura nos Estados Unidos.

Rafael Domingos Oliveira é doutorando em história social pela Universidade de São Paulo (USP) e mestre em história pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Em “Vozes afro-atlânticas”, Oliveira busca relatar a contradição da escravidão no país que pregava a liberdade e que se tornaria a maior potência mundial.

A obra será lançada em 20 de fevereiro pela editora Elefante.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna