Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

Governador do ES aciona prefeito de Vitória após acusação de corrupção

A Procuradoria do Espírito Santo quer que Lorenzo Pazolini, prefeito de Vitória, detalhe suposto caso de corrupção relatado em discurso

atualizado 14/05/2022 23:18

Renato CasagrandeRafaela Felicciano/Metrópoles

O governador do Espírito Santo e o prefeito de Vitória vão se encontrar nos tribunais. A Procuradoria-Geral do Espírito Santo pediu que o Ministério Público estadual questione o prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini, para que ele detalhe o suposto caso de corrupção que envolveria representantes do governo estadual, relatado neste sábado por Pazolini num evento.

A decisão foi tomada pelo governador Renato Casagrande após discurso de Pazolini, em que o prefeito afirmou que teria sido avisado por “uma autoridade” de que investimentos em Vitória teriam a licitação direcionada para uma empresa específica — cujo nome também não foi citado pelo prefeito. O episódio, disse, teria ocorrido em um palácio, com referência católica no nome, que todos os capixabas conhecem, dando a entender se tratar do Palácio Anchieta, sede do governo estadual.

Em nota, a Procuradoria-Geral do Espírito Santo cobrou que Pazolini dê os nomes dos personagens envolvidos no suposto episódio, sob “pena de ser processado criminalmente por ofensa à honra provocada por imputações inverídicas”.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna