Com Eduardo Barretto (interino), Bruna Lima, Eduardo Ghirotto e Paulo Cappelli

Em qual calo de Bolsonaro o marketing de Lula vai centrar fogo

Campanha do ex-presidente Lula decidiu a linha mestra do marketing

atualizado 28/05/2022 6:32

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSB, se encontram com representantes de movimentos popularesFábio Vieira/Metrópoles

O marqueteiro Sidônio Palmeira fechou com Edinho Silva e Rui Falcão, responsáveis pela comunicação da campanha de Lula, que a economia será a linha mestra do marketing.

Serão comparados o Brasil de Lula, entre 2003 e 2010, e o de Bolsonaro, entre 2019 e 2022.

Inflação, desemprego, combate à pobreza e acesso a bens de consumo, entre outros temas cujos indicadores são mais positivos para o petista, serão destrinchados em vídeos comparativos semelhantes ao divulgado no dia do lançamento da candidatura de Lula, do Brasil “do ódio”, de Bolsonaro, versus o “do amor”, que seria o de Lula.

0

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna