Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Lucas Marchesini

Eduardo Bolsonaro defende assassino de ativistas do Black Lives Matter

Eduardo pede Justiça por Kyle Rittenhouse, homem branco acusado de matar dois manifestantes do Black Lives Matter em agosto do ano passado

atualizado 15/11/2021 17:33

Eduardo bolsonaro no celularRafaela Felicciano/Metrópoles

Eduardo Bolsonaro pediu em seu Twitter a absolvição de Kyle Rittenhouse, um homem branco acusado de matar dois manifestantes do Black Lives Matter em agosto do ano passado.

Com uma foto que mostra Rittenhouse como um menino inocente no meio de vários demônios, o filho de Jair Bolsonaro pediu para que a Justiça seja feita e que o acusado de matar dois manifestantes do principal movimento antirracista americano seja absolvido.

Eduardo Bolsonaro pede absolvição de acusado de matar dois manifestantes em protestos anti racistas.

O julgamento de Rittenhouse começou no dia 1º de novembro deste ano e o júri popular fará as primeiras deliberações nesta segunda-feira (15/11).

No dia 25 de agosto de 2020, Rittenhouse se juntou a uma milícia armada, em Kenosha, no Wisconsin, portando uma AR-15. O grupo, formado majoritariamente por pessoas brancas, era contra as manifestações antirracistas que ocorriam por todos os Estados Unidos no ano passado.

Rittenhouse, que tinha 17 anos na época do crime, alega que atirou contra três pessoas, matando duas e deixando uma ferida, porque foi “cercado” — no que provavelmente inspirou a imagem compartilhada por Eduardo Bolsonaro, em que o acusado é retratado como um menino em apuros cercado por demônios.

0

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna
Mais lidas