Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Lucas Marchesini

Defesa de Flávio Bolsonaro parte para cima de procurador-geral do MPRJ

Advogados do senador Flávio Bolsonaro argumentam que o procurador-geral do MPRJ, Luciano Mattos, vazou o relatório do Coaf para a imprensa

atualizado 08/12/2021 10:08

Rafaela Felicciano/Metrópoles

Os advogados de Flávio Bolsonaro apresentaram uma reclamação disciplinar no Conselho Nacional do Ministério Público contra o procurador-geral de Justiça do Rio de Janeiro, Luciano Mattos, pedindo uma investigação sobre a publicação na imprensa de um relatório de inteligência financeira do senador.

Uma reportagem publicou informações sobre um dos relatórios produzidos pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) sobre movimentações financeiras de Flávio, embora o documento estivesse em sigilo.

Os advogados afirmam que só Mattos tinha acesso ao documento. Agora, está no prazo para Mattos apresentar sua defesa.

A investida terá alguma dificuldade para prosperar. Quando foi publicada a reportagem sobre o relatório, de fato o documento estava sob o poder Mattos, mas antes ele tramitou por diferentes repartições do Ministério Público e foi inicialmente transmitido do próprio Coaf, portanto pode ter sido vazado pelas mãos de diferentes pessoas.

0

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna