metropoles.com

Cresce o abuso de álcool entre indígenas, mostra Ministério da Saúde

O relatório pedido pela Funai queria investigar a qualidade da saúde mental dos povos indígenas nos últimos quatro anos

atualizado

Compartilhar notícia

Acervo Fotográfico da Fundação Nacional do Índio
Indigenas
1 de 1 Indigenas - Foto: Acervo Fotográfico da Fundação Nacional do Índio

Um levantamento do Ministério da Saúde, pedido pela Funai, revelou que o abuso de álcool entre populações indígenas aumentou em 2021. O relatório registrou 1.399 casos de alcoolismo naquele ano.

As informações foram obtidas pela Fiquem Sabendo, uma agência especializada na Lei de Acesso à Informação.

O relatório pedido pela Funai queria investigar a qualidade da saúde mental dos povos indígenas nos últimos quatro anos. No primeiro ano do mandato de Jair Bolsonaro, o relatório já registrou o primeiro pico, de 1.179 casos. No ano anterior foram registrados 589 casos.

Em 2020, o número caiu para 476, e, em 2021, chegou a 1.399.

Quase metade deles foi registrado no Amazonas, seguido pelo Mato Grosso do Sul e Santa Catarina.

No Vale do Javari, no Amazonas, o Ministério da Saúde também apontou uma alta de casos de violência causados por uso de drogas. Foram registrados 23 episódios em 2022, mais do que a soma de todos os anos anteriores da série histórica fornecida pela pasta.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comGuilherme Amado

Você quer ficar por dentro da coluna Guilherme Amado e receber notificações em tempo real?

Notificações