Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

CPI do MEC atinge apoios para ser instalada no Senado, diz Kajuru

Eduardo Braga, do MDB, Soraya Thronicke, do União Brasil, assinaram hoje a lista articulada por Randolfe, e Izalci prometeu apoio

atualizado 22/06/2022 19:21

Rafaela Felicciano/Metrópoles

Os senadores Randolfe Rodrigues e Jorge Kajuru disseram no Plenário nesta quarta-feira terem conseguido os 27 apoios necessários para instalação da CPI do MEC.

Isso porque hoje assinaram o documento os senadores Eduardo Braga, do MDB, e Soraya Thronicke, do União Brasil. Segundo o senador Kajuru, Izalci Lucas, do PSDB, também se comprometeu a assinar. A lista para a CPI atingiu o número necessário de adesões no dia em que o ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, foi preso pela Polícia Federal, investigado por suspeita de corrupção no manejo da verba da pasta.

Em 2021, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, viu-se obrigado a instalar a CPI da Covid na Casa após determinação da Justiça, que justificou que a lista tinha atingido o número de solicitantes exigido para instauração.

 

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna