Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Natália Portinari

CBF vai estrear novo modelo de VAR na Supercopa

A CBF vai estrear na Supercopa, neste sábado (28/1), o modelo de VAR com linhas mais grossas de impedimento

atualizado 24/01/2023 8:09

Fotografia colorida do interior do estádio Mané Garrincha-Metrópoles Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) vai estrear na Supercopa, neste sábado (28/1), o modelo de VAR com linhas mais grossas de impedimento. A medida favorece os atletas que jogam na posição de ataque e, provavelmente, diminuirá o número de gols anulados por posição fora de jogo.

O alargamento dessa linha já era um pedido dos clubes à Fifa e à comissão de arbitragem da CBF desde 2021. A medida começará a funcionar no jogo entre Flamengo e Palmeiras, que acontecerá no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, e será adotada ao longo de 2023.

Atualmente, as linhas de impedimento possuem um pixel no monitor, o que permite apontar impedimentos milimétricos. Agora, contudo, o VAR passará a usar as famosas linhas mais grossas e, caso elas estejam uma sobre a outra, o jogador que ataca estará em posição válida. A medida já é usada desde a temporada de 21/22 pela Premier League.

A Supercopa no Mané Garrincha é realizada pelo Metrópoles Sports.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna