Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Lucas Marchesini

Bolsonaro visita estádio alvo de denúncia de trabalho escravo

Em sua última parada do tour pelo Oriente Médio, Bolsonaro visitou o estádio Lusail, no Catar, que foi alvo de denúncias de trabalho escravo

atualizado 17/11/2021 22:38

Reprodução/Instagram

Em sua última parada do tour pelo Oriente Médio, Jair Bolsonaro visitou o estádio Lusail, no Catar, que foi alvo de denúncias de trabalho escravo na sua construção. O jornal inglês The Guardian revelou, em 2013, que imigrantes nepaleses trabalharam em condições sub-humanas nas obras do estádio.

Bolsonaro visitou o Lusail, que será sede da final da Copa do Mundo de 2022, acompanhado dos filhos 01 e 03, Flávio e Eduardo, e de Mário Frias. No estádio, os três acompanhantes do presidente fizeram embaixadinhas com o presidente da FIFA, Gianni Infantino.

0

As obras do Lusail, contudo, ainda não estão finalizadas. O Catar está construindo, do zero, sete estádios de futebol para receber a Copa no próximo ano, e a maioria conta com mão de obra nepalesa.

O The Guardian estima que cerca de sete mil imigrantes já morreram no país desde o início das preparações para o torneio. A maioria dos óbitos, ainda segundo o jornal inglês, tem relação direta ou indireta com as condições de trabalho e de vida.

Em um vídeo animado publicado pelo senador Flávio Bolsonaro, Bolsonaro mostra passes de futebol em campo e posa junto do grupo desses trabalhadores que finalizam as obras do Lusail.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna