Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Lucas Marchesini

Bolsonaro enfrenta dificuldade para encontrar vice que agregue

Auxiliares do presidente estão estudando possibilidades para encontrar o vice ideal para a chapa de Bolsonaro em 2022

atualizado 24/10/2021 8:35

Jair BolsonaroRafaela Felicciano/Metrópoles

Ministros políticos do governo Bolsonaro avaliam que uma das maiores dificuldades do presidente no ano que vem será encontrar um vice que agregue votos ao presidente.

Embora Bolsonaro tenha diversos candidatos a substituir Hamilton Mourão como seu vice em 2022, nenhum tem algumas característica que agregue ao perfil do presidente, como Mourão fez em 2018.

Mourão deu o verniz do alto oficialato à chapa. Hoje, o mesmo dificilmente se repetiria: um general respeitado, que já não tenha sido seduzido pelo bolsonarismo, não repetiria o apoio.

Um político do Centrão mais atrapalharia do que ajudaria.

Um vice evangélico, como Silas Malafaia ou Damares Alves, tampouco agregaria a um Bolsonaro já identificado como evangélico, mesmo sendo católico.

Por fim, um empresário bolsonarista também pouco agregaria. Um empresário moderado, com boa interlocução com o mercado, não se associaria ao presidente.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna
Mais lidas