Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

Bolsonaristas fazem ameaças a coordenador da campanha de Lula

Coordenador da campanha de Lula, o senador Randolfe Rodrigues foi incluído em um grupo bolsonarista de WhatsApp e recebeu ameaças

atualizado 01/10/2022 17:51

Na imagem, o senador Randolfe Rodrigues (Rede) e o ex-presidente Lula (PT) posam para foto de mãos dadas em sinal de união. Ambos usam máscara e sorriem - Metrópoles Ricardo Stuckert/Divulgação

Coordenador da campanha de Lula, o senador Randolfe Rodrigues foi incluído à revelia em um grupo bolsonarista de WhatsApp e recebeu ameaças.

Assim que o parlamentar foi colocado no grupo, chamado “Eu sou Brasil soberano”, integrantes enviaram mensagens com ameaças.

Uma delas dizia: “Xingando o imbecil do senador Randolfe Rodrigues. Vou acabar com ele”. O mesmo perfil, com um número de São Paulo, continuou: “Senador Elmano Ferrer derrube esse vagabundo do Randolfe Rodrigues ou eu vou a Brasília e encho ele de porrada”.

A mensagem faz referência ao senador Elmano Ferrer, integrante do grupo de WhatsApp e que não participou dos ataques ao colega de parlamento.

Randolfe acionará a Polícia Legislativa e o Ministério Público Eleitoral e pretende entrar com uma ação na Justiça para que os responsáveis sejam punidos. Ainda não se sabe quem foi responsável por incluir o telefone de Randolfe no grupo de WhatsApp.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna