Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Natália Portinari

Boeing na mira também nos EUA por práticas contra a concorrência

Ação questionando o modo de operação da Boeing na captação de engenheiros no Brasil não é um caso isolado

atualizado 26/11/2022 0:23

A ação questionando o modo de operação da Boeing na captação de engenheiros no Brasil não é um caso isolado. Nos Estados Unidos, a start-up Zunum Aero foi à Justiça, após uma parceria malsucedida, acusando a Boeing de roubo de tecnologia e de práticas que teriam como objetivo assegurar sua posição dominante no mercado, suprimindo a concorrência.

O caso começou em 2017, quando a Zunum, considerada uma promissora empresa no desenvolvimento de jatos elétricos híbridos, firmou parceria com a Boeing e a JetBlue.

Dois anos depois, os primeiros sinais de problemas começaram a surgir, se agravaram e por fim acabaram por inviabilizar a existência da empresa. O processo tramita na Justiça de Washington.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna