Com Bruna Lima, Eduardo Barretto e Naomi Matsui

Aliado de Flávio pede à PF para investigar gestão de indicado de Pazuello

Marcelo Lamberti oficiou diversos órgãos de controle para que sejam investigadas as suspeitas que pairam sobre a gestão de George Divério

atualizado 14/06/2021 8:55

O médico Marcelo Lamberti, superintendente substituto do Ministério da Saúde no Rio de Janeiro, oficiou diversos órgãos de controle para que sejam investigadas as suspeitas que pairam sobre a gestão de George Divério na Superintendência do Ministério da Saúde do Rio de Janeiro. Lamberti chegou à pasta sob a indicação de Flávio Bolsonaro ainda em 2019, foi rebaixado e voltou a ser nomeado há duas semanas temporariamente como superintendente. Bolsonaro ainda não nomeou quem será o novo superintendente. Entre os órgãos oficiados, estão Polícia Federal, Ministério Público Federal, Controladoria-Geral da União (CGU), Tribunal de Contas da União (TCU) e Defensoria Pública Federal (DPU).

Junto dos ofícios, Lamberti enviou também a íntegra dos processos que estão sob suspeita, referentes a contratos sem licitação para reformar prédios antigos do Ministério da Saúde no Rio de Janeiro.

“É fato público que há menos de um mês a mídia veiculou matéria, na qual revelava contratos celebrados por esta Superintendência Estadual do Ministério da Saúde no Estado do Rio de Janeiro, na gestão anterior, no período de 19 de junho de 2020 a 19 de maio de 2021. Neste contexto, (…) este gestor endossa que todos os procedimentos administrativos encontram-se ao dispor desse Ilustre Parquet, a fim de dirimir quaisquer dúvidas, visando à transparência administrativa e ao interesse público”, escreveu Lamberti no ofício enviado ao chefe do MPF no Rio de Janeiro.

O teor dos demais ofícios segue a mesma linha e se refere a algumas dispensas de licitação.

– Contratação direta em outubro de 2021 de da empresa SP Serviços e Locação Ltda, para prestação de serviços de reparos, consertos, revisões, pinturas, reformas e adaptações do prédio da superintendência;
– Contratação direta em novembro de 2021 da empresa LLED Soluções Instalações e Reformas, para a prestação de serviços de reparos, consertos, revisões, pinturas, reformas e adaptações de outros prédios da União sob a guarda do Ministério da Saúde.

Procurado, Marcelo Lamberti não respondeu ao contato da coluna. Não conseguimos o contato de Divério. O espaço está aberto para manifestações.

Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna