Observadora do cenário político do DF, lança luz nos bastidores do poder na capital.

Servidor da UnB é preso após atropelar ciclista. Vítima morreu no hospital

O ciclista Gilson da Silva foi atingido pelo carro que era dirigido por Marco Antônio Ferreira Lopes, em Planaltina

atualizado 11/10/2021 17:35

Gilson Silva Coelho, ciclista morto atropelado em Planaltina

O servidor da Universidade de Brasília (UnB) Marco Antônio Ferreira Lopes, 29 anos, dirigia o carro que atropelou o ciclista Gilson da Silva (foto em destaque), 36, neste domingo (10/10). A vítima foi levada ao Hospital de Planaltina, mas não resistiu aos ferimentos e o óbito foi confirmado à Polícia Civil do DF (PCDF) nesta tarde.

Testemunhas contaram à 16ª Delegacia de Polícia (Planaltina) que o condutor do veículo estava com sinais de embriaguez. Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro. Lopes foi detido por embriaguez ao volante e lesão corporal culposa na direção de veículo.

0

O Metrópoles apurou que Lopes negou, em depoimento, que estava embriagado. Ele contou que estava há dias sem dormir em razão de problemas pessoais e, no momento do acidente, cochilou.

0

 

Advogada do motorista, Neiva Esser, disse ao Metrópoles que ele não ingeriu bebida alcoólica antes de dirigir. “Ele saiu tonto do carro por causa do airbag. O carro bateu na guia, o airbag veio no rosto dele e, quando ele perdeu o controle do veículo, infelizmente o ciclista estava no lugar errado e na hora errada”, afirmou.

A advogada assinalou que Lopes “é servidor público federal e não tem nenhuma passagem pela polícia”. “Tem fake news circulando de que ele estava alcoolizado. Ele não bebeu e socorreu a vítima”, disse.

Últimas notícias