Observadora do cenário político do DF, lança luz nos bastidores do poder na capital.

Secretário diz que 42 mil profissionais da educação do DF serão vacinados em 13 dias

De acordo com Leandro Cruz, a maioria será contemplada com a vacina da Janssen Farmacêutica, aplicada em dose única

atualizado 10/06/2021 19:56

Início da vacinação para pessoas de 59 anos no Parque da CidadeArthur Menescal/Especial Metrópoles

O secretário de Educação, Leandro Cruz, disse ter acertado com a Secretaria de Saúde os detalhes para a finalização da imunização dos professores do Distrito Federal. O chefe da pasta afirmou que 42 mil doses de vacinas serão aplicadas nos docentes e em outros profissionais da área nos próximos 13 dias.

De acordo com Cruz, a maioria dos profissionais será contemplada com a vacina fabricada pela Janssen Farmacêutica, que exige apenas uma dose.

Conforme informado pela pasta, 8 mil doses já serão aplicadas neste fim de semana, sendo 4 mil no sábado (12/6) e 4 mil no domingo (13/6). Este lote específico será direcionado aos educadores das creches que ainda não haviam sido chamadas para a campanha.

A lista com o nome dos convocados será publicada nesta sexta-feira (11/6), no site da Secretaria de Educação. A vacinação vai ocorrer das 9h às 17h nos seguintes pontos: drive-thru do Parque da Cidade – Estacionamento 12; drive- thru da Torre de TV; Taguaparque e Sesc de Ceilândia.

“Cada um deve se dirigir ao local de vacinação para o qual foi convocado. A vacinação da educação tem sido um grande exemplo de organização, tem ocorrido tranquilamente, sem tumultos, então vamos manter a nossa marca”, disse Leandro Cruz.

55 anos

Mais cedo, em coletiva de imprensa, o secretário-chefe da Casa Civil, Gustavo Rocha, disse que nova remessa da Janssen deve chegar entre domingo (12/6) e terça-feira (14/6).

Pela manhã, o governador Ibaneis Rocha (MDB) anunciou que o agendamento para vacinação contra a Covid-19, no que se refere a pessoas com 55 anos ou mais, sem comorbidades, começará ao meio-dia de sexta-feira (11/6).

São 43 mil pessoas, dos cerca de 60 mil indivíduos nessa faixa etária. A diferença é devido àqueles que já se vacinaram por estarem contemplados em outras categorias.

Últimas notícias