Observadora do cenário político do DF, lança luz nos bastidores do poder na capital.

Ibaneis sanciona lei que institui Política Pública Brasília Lixo Zero

O governador Ibaneis Rocha sancionou lei do deputado Delmasso que prevê uma série de ações para incentivar correta destinação do lixo no DF

atualizado 02/12/2021 19:46

LixoHugo Barreto/Metrópoles

O governador Ibaneis Rocha (MDB) sancionou, na quarta-feira (1º/12), a lei que institui a Política Pública Brasília Lixo Zero, Arquitetura Sustentável e Energia Renovável. A norma, de autoria do deputado Delmasso (Republicanos), reúne uma série de medidas para minimizar o despejo do lixo reciclável no meio ambiente.

A lei estabelece como um dos objetivos da política pública o desenvolvimento de mecanismos de marketing e de conscientização do cidadão para a separação adequada de seus resíduos, de forma a permitir a sua reutilização e reciclagem.

Onde vai parar o lixo que você separa?

COP26: startups brasileiras mostram como empresas podem poluir menos

É a norma que também vai coordenar ações públicas no sentido de ampliar o sistema de coleta seletiva de lixo e a utilização de insumos reciclados para a construção civil.

Segundo a lei, em sorteio e entrega de casas populares, será privilegiado o cidadão que comprovar que destina o lixo domiciliar para a reciclagem. A nova norma também prevê uma série de outras medidas.

O baixo índice de destinação correta do lixo reciclável é um problema no DF. A Central das Cooperativas de Trabalho de Materiais Recicláveis do DF (Centcoop-DF) estima que menos de 5% de todo lixo reciclável do DF é efetivamente reciclado.

 

Mais lidas
Últimas notícias