Observadora do cenário político do DF, lança luz nos bastidores do poder na capital.

Desembargador João Egmont é filmado em momento íntimo durante sessão

Sem perceber que a câmera estava ligada, a esposa do desembargador senta no colo dele

atualizado 02/12/2021 11:58

Desembargador João EgmontDaniel Ferreira/Metrópoles

Um vídeo que circula nas redes sociais e transmite parte de uma sessão da 2ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) revela um momento de intimidade entre o desembargador João Egmont Leôncio Lopes (foto em destaque) e sua esposa.

Durante a transmissão da sessão, com outras autoridades em tela, a mulher se aproxima de Egmont e senta no colo dele. Ao perceber que a câmera estava ligada, ela se levanta, desconfiada e, em seguida, o desembargador fecha a tela.

Esposa do desembargador João Egmont fala após cena íntima: “Expostos”

Veja fotos e o vídeo abaixo:

0

Nas redes sociais, choveu de gente especulando sobre as cenas e sobre quem seria a mulher. O presidente da Associação dos Magistrados do Distrito Federal (Amagis), Sebastião Coelho da Silva, confirmou à coluna Grande Angular que os dois formam um casal. “Pude confirmar que era a esposa do desembargador, mas não sei as circunstâncias.”

A coluna Grande Angular entrou em contato com a assessoria do TJDFT, que respondeu por meio de nota. Confira, na íntegra:

O TJDFT esclarece que, em contato com o desembargador João Egmont, restou apurado que a pessoa que aparece na tela durante a sessão da 2ª Turma Cível, nesta quarta-feira, 1º/12, na residência do magistrado, trata-se da sua esposa. Esclarece, ainda, que ela não é servidora do TJDFT e que o fato não gerou qualquer prejuízo aos trabalhos da sessão“.

Paletó

Mais cedo, em outra sessão do TJDFT, dessa vez na 8ª Turma Cível, o desembargador Arquibaldo Carneiro Portela reclamou, ao vivo, de um advogado que estava sem paletó.

“Presidente, inicialmente eu até estranho, porque, na minha turma lá, a gente não faz [sessão] sem paletó e gravata. Eu estou até vendo que o paletó está na cadeira. Acho que o nobre advogado esqueceu de fazer uso”, disse.

Em seguida, o advogado Thiago Barbosa mostra a gravata, que estava vestindo, e Portela retruca: “O senhor está de gravata, não de paletó, né?! Eu estou de toga. Já passou, isso cabe ao presidente. Eu só estranhei, porque, na minha turma, a gente não permite. Só uma dica: para a próxima, colocar toga e gravata”.

Veja vídeo:

0

Mais lidas
Últimas notícias