Observadora do cenário político do DF, lança luz nos bastidores do poder na capital.

Damares Alves obteve bênção de Bolsonaro antes de lançar candidatura

O presidente Jair Bolsonaro recebeu Damares e os presidentes regionais do Republicanos e União Brasil

atualizado 05/08/2022 19:15

Grupo de três homens de terno e uma mulher posa para fotoDivulgação

A ex-ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos Damares Alves (Republicanos) obteve bênção do presidente Jair Bolsonaro (PL) para a disputa eleitoral antes do lançamento da candidatura ao Senado.

O Republicanos oficializou a candidatura avulsa de Damares em convenção regional no Distrito Federal, nesta quarta-feira (3/8), com apoio do União Brasil. A primeira-dama, Michelle Bolsonaro, compareceu ao evento.

Dois dias antes, Bolsonaro recebeu Damares, o presidente do Republicanos-DF, Wanderley Tavares, e o presidente do União Brasil-DF, Manoel Arruda, para a chancela ao projeto político. Manoel Arruda é o candidato a 1º suplente de Damares.

“O presidente Bolsonaro fez um gesto muito nobre ao chancelar a candidatura da Damares. O Republicanos e o União Brasil se uniram nesse projeto grandioso para Brasília, com um nome para o Senado de uma mulher honrada, competente, forte e com a experiência de ministra de estado e de assessora jurídica e parlamentar com 24 anos de atuação no Congresso Naciona”, disse o presidente do Republicanos-DF.

O partido de Damares apoia a reeleição de Ibaneis Rocha (MDB), que tem a deputada federal Flávia Arruda (PL) como candidata ao Senado. A chapa também foi chancelada por Bolsonaro.

Mais lidas
Últimas notícias