Observadora do cenário político do DF, lança luz nos bastidores do poder na capital.

Atividades presenciais da CLDF serão retomadas em agosto

As reuniões dos deputados distritais e os serviços da CLDF ocorriam de forma remota

atualizado 15/07/2021 16:37

plenário da CLDFIgor Estrela/Metrópoles

A Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) vai retomar as atividades presenciais a partir de 1º de agosto. As sessões e os serviços da Casa foram realizados remotamente por 1 ano e 4 meses, desde março de 2020, em razão da pandemia de Covid-19.

O ato que determina o retorno do trabalho presencial à CLDF, observando os protocolos sanitários, será publicado nesta sexta-feira (16/7), conforme adiantou à coluna Grande Angular o presidente em exercício da CLDF, deputado distrital Delmasso (Republicanos).

No momento, a Casa está em recesso legislativo. A primeira sessão presencial do Plenário, com participação dos deputados distritais, deve ocorrer no início de agosto. Porém, os parlamentares poderão optar por utilizar um sistema híbrido, segundo Delmasso.

O presidente em exercício da CLDF disse que cada chefia imediata poderá decretar rodízio entre os funcionários, caso ache necessário. “Mas a determinação é para o retorno das atividades presenciais em horário normal de funcionamento da Câmara”, pontuou.

Delmasso afirmou que a CLDF se preparou para que a retomada do trabalho presencial ocorra de forma segura: “Todos os andares estão com álcool em gel disponível. O contrato de sanitização foi realizado e ela será feita todos os dias. Haverá, ainda, obrigatoriedade e cobrança intransigente de utilização de máscara em todas as dependências, e para que se evite aglomeração nos elevadores”.

Nesta quinta-feira (15/7), foi publicado o ato da Mesa Diretora que autoriza a a realização de eventos coletivos não diretamente relacionados às atividades legislativas do Plenário, como sessões solenes, eventos de lideranças partidárias e de frentes parlamentares, visitação institucional e outros programas patrocinados pela Câmara Legislativa do DF.

O Ato da Mesa Diretora nº 57, de 2021, ainda define os protocolos para evitar aglomerações, como a restrição do número de participantes nas dependências da CLDF, distanciamento e higienização. Confira:

Retomada de serviços na CLDF
Retomada de serviços na CLDF

Últimas notícias