Zé Ricardo pede demissão e não é mais o técnico do Vasco

Treinador pediu demissão do clube no momento de ascensão na Série B, inclusive bem colocado no G4 da competição

atualizado 05/06/2022 12:54

Divulgação

Em nota publicada na manhã deste domingo (5/6), o Clube de Regatas Vasco da Gama anunciou que o técnico Zé Ricardo não é mais treinador da equipe profissional. Deixam também o clube o auxiliar Cléber dos Santos e o preparador físico Fábio Eiras. Os próximos treinamentos serão comandados por Emílio Faro e Daniel Félix, ambos da comissão permanente.

Zé Ricardo pediu demissão  após aceitar uma proposta do Shimizu S-Pulse, do Japão. A decisão pegou os dirigentes de surpresa, e os jogadores já foram comunicados.

O técnico sai em momento de ascensão na Série B. O Vasco é o único invicto da competição e está na quarta posição, com 18 pontos. Ao todo, foram 25 jogos, com 12 vitórias, oito empates e cinco derrotas em 2022. Ele recebeu uma proposta para trabalhar no Japão e pediu demissão.

Nota do Vasco

“O  Vasco da Gama agradece o profissional por toda dedicação ao longo do período que permaneceu à frente do time profissional do Gigante da Colina. Nos últimos seis meses, Zé Ricardo e sua equipe trabalharam de forma incansável no projeto que visa o retorno à elite do futebol nacional.

O treinador se despede de São Januário, em sua segunda passagem, com 12 vitórias, oito empates e cinco derrotas em 25 partidas. No Campeonato Brasileiro, o Vasco da Gama está invicto e está na zona de acesso para a Série A, ocupando a quarta colocação, quatro pontos à frente do quinto colocado, com quatro vitórias e seis empates.

Vasco da Gama deseja todo sucesso ao treinador e sua equipe na sequência de suas trajetórias”.

Para acompanhar as atualizações da coluna, siga o “Futebol Etc” no Twitter; e também no Instagram.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias