Rogério Ceni é um técnico estudioso e preparado. Como goleiro, será, para sempre, o maior da história

O “Mito” foi anunciado esta tarde pelo Tricolor para substituir o argentino Hernan Crespo, demitido por “justa causa”

atualizado 13/10/2021 19:21

Alexandre Vidal/Flamengo

Hernán Crespo não resistiu aos maus resultados e foi demitido esta tarde pelo São Paulo. A torcida Tricolor iludiu-se com a conquista do Paulistão e imaginou que poderia soltar o velho grito de “o campeão voltou!”. #SóQueNão. Podemos dizer que Crespo perdeu o emprego por “justa causa” (a má campanha no Brasileirão). E a coluna “Futebol Etc” fez essa previsão alguns dias atrás.

Muito rapidamente o clube anunciou que Rogério Ceni será o substituto do argentino. O “Mito” (sim, esse cara é um mito de verdade) não pensava mais em trabalhar esse ano. No entanto, pesou o fato de ser um convite do São Paulo, e o treinador repensou a decisão. A estreia pode ocorrer já nesta quinta-feira, contra o Ceará, no Morumbi.

Duas verdades que precisam ser ditas sobre esse novo momento do São Paulo:

1 ) – O elenco, recheado de estrangeiros, é um dos melhores do País. Se não fosse a “epidemia” de contusões que atingiu o Morumbi, talvez a situação estivesse um pouco melhor. Atualmente está em 13º, mais perto do Z-4 do que do G-4;

2 ) – Atual campeão brasileiro com o Flamengo, Rogério Ceni  é um técnico preparado e estudioso. Sobre ele, eu costumo dizer que entrará para a história como o goleiro mais importante do futebol mundial. Você não concorda? Pois saiba que daqui a 100 anos alguém estará falando num goleiro que fez 131 gols – uma marca impossível de ser alcançada por um goleiro normal. Então, entenda bem: Ceni não foi o melhor goleiro do mundo; mas é o mais importante da historia. Quem viver verá.

Últimas notícias