O recado da torcida do Flamengo foi dado: “Mister! Mister!”

Mais do que impedir o título antecipado do Atlético, o fato mais relevante desse jogo com o Ceará foi o grito pela volta de Jorge Jesus

atualizado 30/11/2021 22:16

Fotografia de Jorge Jesus em coletiva de imprensa sério. Ele veste paletó preto e camisa brancaOctavio Passos/Getty Images

Mais de 45 mil torcedores pagaram ingressos para ver Flamengo x Ceará. Muitos compraram antes da derrota para o Palmeiras na Libertadores, é bom que se diga. Mas muitos outros fanáticos queriam dar uma demonstração de amor ao clube.

Sobre isso, escrevi mais cedo que “isto sim é Flamengo”. E, na vitória apertada que o Menção conseguiu sobre o Ceará, a torcida fez o seu papel, gritou, incentivou e empurrou a equipe pra frente. Quando o Ceará empatou, na metade do segundo tempo, de repente “ouviu-se” aquele silêncio no Maracanã, mas o time teve forças pra conseguir o gol da vitoria.

Evitou-se, assim, que o Atlético-MG comemorasse o título antecipadamente, mesmo sem entrar em campo. De qualquer forma, é bom que se diga que, como não depende mais do seu próprio esforço, é quase impossível alcançar o Galo.

Mas o jogo desta terça-feira serviu para a torcida mandar um recado para a diretoria, que demitiu ontem o técnico Renato Gaucho. O recado foi dado em coro que partiu das arquibancadas: “Mister! Mister!”. 

Traduzindo: a galera quer o mister Jorge Jesus de volta. Se quiser aliviar um pouco a frustração da perda da Libertadores, o caminho mais curto é buscar de volta o técnico português que tantas saudades deixou na Gávea depois de uma temporada irrepreensível em 2019.

Mais lidas
Últimas notícias