metropoles.com

Luana Piovani detona marido de Ana Hickmann: “Seu ignorante”

A atriz publicou um desabafo de Alexandre Correa sobre ser hostilizado na padaria e soltou o verbo contra o empresário, que agrediu a mulher

atualizado

Compartilhar notícia

Instagram/Reprodução
Montagem feita a partir de fotos das redes sociais de Luana Piovani e Ana Hickmann - Metrópoles
1 de 1 Montagem feita a partir de fotos das redes sociais de Luana Piovani e Ana Hickmann - Metrópoles - Foto: Instagram/Reprodução

Desde o último fim de semana que um dos assuntos mais comentados nas redes sociais são as agressões sofridas por Ana Hickmann. E Luana Piovani resolveu falar sobre o caso nos stories do seu Instagram, nesta sexta-feira (17/11).

A atriz compartilhou um trecho do desabafo de Alexandre Correa sobre ser hostilizado na padaria por conta da violência contra a apresentadora e soltou o verbo contra o empresário.

Na publicação, o marido de Ana desabafa: “Eu preciso saber como é que vou viver. Sem vida social, sem vida digital. Eu fui tentar ir à uma padaria agora cedo e não foi agradável o que aconteceu lá dentro”. Na legenda, Luana Piovani disparou: “Isso!! Tomara que chova tomate, ovos, laranja podre, seu ignorante! Agora saboreie seu fracasso sendo pai e homem. Acho pouco!!”.

Depois das repercussões de todas as suas postagens nas redes sociais, o perfil do marido de Ana Hickmann no Instagram está completamente em branco. Ele, inclusive, apagou o comunicado oficial sobre as agressões e a postagem pedindo ajuda aos orixás.

0

Alexandre Correa revela ameaças recebidas

Investigado pela polícia após ser denunciado por agredir a mulher, Ana Hickmann, Alexandre Correa usou seu Instagram para desabafar sobre a quantidade de haters e ameaças que vem recebendo desde que o caso veio a público, no último fim de semana.

“Finalizando a contagem agora. Em 72h, são 2.854 mensagens de ameaça, ódio e promessa de vingança! Soaria ameaçador se não fosse tão triste e humilhante”, começou ele na publicação, que logo depois foi apagada.

Em seguida, ele se queixou do tribunal da web: “Saber que estou condenado aos 52 anos a esquecer o direito de ter uma vida como qualquer brasileiro comum. Juízes da internet e desembargadores dos sites deram a minha sentença, sem direito a recurso e apelação”.

Na postagem, o marido de Ana Hickmann mostrou uma das mensagens de ódio que recebeu: “Tu é um pa* no c*. Já batemos boca nos comentários de uma foto”. No Twitter, os usuários detonaram o posicionamento do empresário.

“Este é o o Alexandre Correa, marido agressor de Ana Hickmann. Notem que ele não se justifica nem pede desculpas. É muito arrogante e prepotente para tanto. Ele se vitimiza, o covarde. Só faltou culpar a vítima. 🤬”, assinalou uma pessoa. “Ele só sabe falar dele. É um lunático narcisista. O cara deveria estar na dele, esperando a vergonha passar, mas é tão presunçoso que vem na internet se encher de razão”, disparou outro usuário. “A Justiça tem o dever de condená-lo. Nós, o dever de repudiar este tipo de atitude. Covarde!!”, criticou um terceiro internauta.

Depois de apagar a contabilização das mensagens, Alexandre postou um pedido aos orixás: “Oxóssi, caçador de uma flecha só. Filho de Oxalá e Yemanjá! Tira a tristeza do meu peito, dá coragem para eu seguir meu caminho em paz e poder ver meu filho!”.

Inquérito policial

A coluna Fábia Oliveira descobriu, com exclusividade, que o imbróglio entre Ana Hickmann e Alexandre Correa, seu marido, pode ser muito mais complicado do que parece. O empresário agrediu a apresentadora no sábado (11/11), durante uma confusão que a deixou com o cotovelo esquerdo lesionado, de acordo com o Boletim de Ocorrência registrado na Delegacia Policial de Itu, onde o casal reside, no interior de São Paulo.

Uma fonte desta jornalista contou em primeira mão que o inquérito poderá demorar de 30 a 40 dias para ser concluído. A autoridade pretende intimar amigos, familiares, assessores e funcionários do casal, a fim de desurdir o histórico de acidentes domésticos constantes que Ana sofria e que ela tornou público, mostrando fotos e vídeos dos machucados.

Além disso, a fonte explicou que, mesmo Hickmann tendo recusado a medida protetiva, caso as investigações apontem que ela já vinha sido agredida no passado até culminar na denúncia formal, o Ministério Público pode sim impetrar a proteção para afastá-la de Alexandre com base na Lei Maria da Penha. A principal linha de averiguação está pautada, sobretudo, em entender a motivação da artista em procurar ajuda policial, uma vez que a medida pode ser a tentativa de dar um “basta” nas ações do marido.

A fonte exclusiva ainda revelou uma informação bastante preocupante: Alexandre pode não deixar essa situação a troco de nada, já que provavelmente não vai aceitar um possível rompimento. Mesmo se a Justiça decretar que ele fique longe da esposa, Correa deve usar o controle que tem sobre os negócios, as finanças e, principalmente, de Ana para reverter a situação a seu favor. A fonte ressaltou que o marido da apresentadora não pretender perder a “galinha dos ovos de ouro”. Eita!

Inclusive, Alexandre Correa está na propriedade da família no Pacaembu, a mesma que a coluna noticiou ter uma dívida de R$ 41.978,43, montante referente a contribuições condominiais, para provisão de funcionários, consumo de água, cotas mensais, consumo de gás, reforma de halls e de academia. Os dois respondem a uma ação de execução de título extrajudicial, que corre no Tribunal de Justiça de São Paulo.

Alexandre contou para o UOL que foi hostilizado numa padaria, ao tentar comprar pão francês, por causa da agressão à esposa. Nossa fonte destacou que o estabelecimento fica próximo do imóvel e que, sob gritos de “covarde” e “homem que bate em mulher”, ele teve de sair do local. Já Hickmann segue sendo assistida por seus assessores, pois está muito mal, abalada e quase não conversa.

“Eu preciso saber como é que vou viver. Sem vida social, sem vida digital. Eu fui tentar ir a uma padaria agora cedo e não foi agradável o que aconteceu lá dentro. Uma senhora de meia-idade bateu nas minhas costas e disse: ‘Muito bonito. Bateu na sua mulher. Um homem do seu tamanho’. Eu só queria comprar pão francês. É daí pra frente, acabou. Acabou”, reclamou Correa ao site.

O caso segue supervisionado pela delegada Márcia Pereira Cruz, titular da Delegacia Central de Itu, e presidido pela delegada Ana Maria Sola, titular da Delegacia da Mulher da região em que foi feita a queixa. Alexandre Correa será ouvido, mas ainda não há previsão de quando.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comFábia Oliveira

Você quer ficar por dentro da coluna Fábia Oliveira e receber notificações em tempo real?

Notificações