As curiosidades, tendências e novidades do mundo pet

American bully: saiba tudo sobre a raça que tem “cara de mau”

Este "valentão americano" foi desenvolvido há pouco tempo e só tem cara e fama de maldoso (é bem fofinho)

atualizado 07/06/2022 18:30

American bullyReprodução

Há diversas controvérsias sobre o american bully, que começam na identificação das raças caninas que contribuíram para o desenvolvimento. Os cães dessa raça surgiram no final dos anos 1980, e em 2013 foram reconhecidos como raça independente.

Sabe-se que os ancestrais eram cães molossoides, que tiveram o tamanho reduzido para participar dos chamados esportes sangrentos – lutas desses peludos com outras espécies, como touros, lobos e ursos.

De acordo com o United Kennel Club (UKC), o bully é resultante de cruzamentos seletivos entre buldogues ingleses e americanos, pit bullsamerican staffordshire terriers (amstaff) e olde english buldogges – este último é uma variação do old english bulldog, uma raça já extinta.

Já o American Bully Kennel Club (ABKC, uma associação específica para a divulgação e aperfeiçoamento da raça) não descreve com exatidão as raças que contribuíram para o american bully, mas cita o amstaff como o principal ancestral.

Leia a matéria completa no Cães Online, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias