Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Quem era João Paulo Diniz, milionário e atleta que morreu aos 58 anos

Investidor em segmentos que iam de academias a restaurantes, João Paulo compartilhava da paixão pelo esporte e lançou iniciativas no setor

atualizado 01/08/2022 12:53

@joaopaulodinizoficial/Instagram/Reprodução

João Paulo Diniz morreu aos 58 anos, após sofrer um infarto fulminante no domingo (31/7). Ele era um dos seis filhos do bilionário Abílio Diniz, considerado um dos homens mais poderosos do Brasil. Investidor em segmentos que iam de academias a restaurantes, João Paulo compartilhava da paixão pelo esporte e buscava inspirar as pessoas a praticarem atividade física.

Quando começou a passar mal durante a tarde, João Paulo estava em Paraty, cidade carioca onde tinha uma casa no condomínio na Praia das Laranjeiras. O milionário deixou a esposa, Ana Garcia — com quem era casado desde 2011 — e quatro filhos, dois do primeiro relacionamento, Abilio e Rafael; e dois com a atual companheira, Eduardo e Joana.

Foto colorida. Homem e mulher juntos
João Paulo Diniz e Ana Garcia

O corpo de João Paulo foi levado para São Paulo na manhã desta segunda-feira (1º/8). O velório ocorrerá por volta das 13h, na região da Avenida Paulista, região central de São Paulo. O enterro está previsto para as 17h. As duas cerimônias serão restritas para parentes e amigos.

Amor

Por onde transitava, João Paulo fazia questão de mostrar o quanto amava as modalidades esportivas; não à toa escreveu na bio do perfil do Instagram: “Empresário e apaixonado por esporte”. Triatleta de alma, corpo e coração, ele começou a praticar a atividade em 1986, e participou de mais de duas dezenas de maratonas desde 1990. Em postagens na rede social, o investidor costumava publicar cliques esquiando, surfando ou a bordo do skate.

Uma das paixões do empresário era o ciclismo

“Quem me conhece sabe que adoro andar de skate”, legendou em um post. Na imagem do perfil do Instagram, o empresário posa ao lado de uma bicicleta, outro fascínio. “Hoje é o Dia Nacional do Ciclista, e essa celebração representa não só a paixão que eu tenho por esse esporte, mas a importância de dar visibilidade a ele. […] E é por isso que nós, como praticantes e apaixonados, temos de lutar para conquistar políticas públicas melhores”, escreveu em uma publicação.

“O esporte sempre fez parte da minha rotina, seja nas provas de triatlo, ciclismo ou outras modalidades”, iniciou o texto de uma publicação a respeito de incentivar as pessoas a se exercitarem.

“Apaixonado por esportes”, escreveu João Paulo na bio do Instagram
Amizades

Antes de falecer, João Paulo “sentiu a adrenalina única das provas”. No sábado (30/7), ele e o amigo Juraci Moreira concluíram uma competição de triatlo no Saco de Mamanguá, em Paraty. No Instagram, o atleta fez uma homenagem comovente ao grande parceiro de esporte: “Estar ao seu lado em sua última competição, de que centenas que disputaram, estar ao lado de sua família, sua esposa, seus filhos, seus amigos, nesses últimos momentos será algo que nunca vou esquecer”.

“Foi uma honra meu amigo ter nadado e remado ao lado pela última vez. E, mesmo você agora aí no céu, vamos estar juntos sempre. Não me deixa sozinho não, tá? Amigo, meio-irmão e meio-pai”, finalizou Juraci no texto em tributo a João Paulo.

Os amigos João Paulo Diniz e Juraci Moreira. Eles participaram de uma prova de triatlo no sábado (30/7)

Atletas, como o ciclista Lauro Chaman, prestaram homenagens a João Paulo nas redes sociais. “Descanse em paz, irmão. Meus sentimentos a toda a família”, escreveu na legenda.

João Paulo Diniz com o ciclista Lauro Chaman
Passado

No início dos anos 2000, João Paulo esteve na lista de um dos solteiros mais cobiçados do Brasil. Antes de selar a união matrimonial com Ana Garcia, e anteriormente com Paula Mott — com quem ficou casado por cinco anos —, o empresário namorou várias modelos, incluindo Gisele Bündchen, Daniella Cicarelli e Luana Piovani.

Quando o investidor teve um breve romance com Gisele no verão de 2000, fotógrafos flagraram o casal em Paraty. João Paulo não gostou da exposição e revelou ser uma pessoa “tímida”. Outra beldade com quem ele se relacionou foi Fernanda Vogel. Entretanto, os dois protagonizaram uma tragédia, que resultou na morte da beldade em 2001.

João Paulo e Fernanda sofreram um acidente de helicóptero. O empresário e o copiloto da aeronave, Luiz Roberto de Araújo Cintra, conseguiram sobreviver à queda após nadarem mais de dois quilômetros até a praia de Maresias, em São Paulo. A modelo e o piloto, Ronaldo Jorge Ribeiro, morreram.

O investidor sobreviveu a um acidente de helicóptero em 2001
Carreira profissional

Antes de se tornar empresário, João Paulo se formou em administração de empresas pela Fundação Getúlio Vargas, de São Paulo. O primeiro estágio dele foi como trainee do grupo Pão de Açúcar, empresa fundada pelo avô paterno, Valentim dos Santos Diniz, e transformada em um império pelo seu pai, Abílio. O jovem atuou na área de planejamento.

Após aprender a dirigir os negócios durante o trabalho no Pão de Açúcar, ele resolveu lançar os próprios projetos. Ele comandava uma empresa de investimentos, voltada aos segmentos de tecnologia, mobilidade, academias e restaurantes.

Abilio Diniz com o filho João Paulo Diniz
Projetos

Entre os projetos idealizados por João Paulo Diniz, estava a Pacto Pelo Esporte. Ele era o presidente da iniciativa dedicada a ajudar empresas e entidades a adotarem uma gestão profissional voltada ao esporte. A entidade publicou uma nota de pesar ao grande “amante do esporte”.

“Amigo, empresário, amante do esporte e um dos idealizadores do pacto, João Paulo foi um dos fundadores do movimento LiveWright e trabalhou muito pela mudança da Lei Pelé e pela aprovação da Lei de Incentivo ao Esporte. João fez parte do Conselho Estratégico da Atletas pelo Brasil por sete anos e, recentemente, participou ativamente da união do Pacto pelo Esporte com a SIGA, na criação da SIGA Latin America”, escreveram na homenagem.

A Pacto Pelo Esporte concluiu o texto com: “Sem dúvida alguma, João Paulo Diniz foi um dos maiores apaixonados incentivadores e investidores do esporte brasileiro. Aos familiares e amigos o nosso mais profundo pesar. João Paulo, um herói do esporte. Incansável. Leve o amor de todos nós com você”.

João Paulo Diniz morreu no domingo (31/7)

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Mais lidas
Últimas notícias