Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Influencer Kayky Janiszewski dá dicas de como se aposentar aos 30 anos

Em apenas 24 meses, o jovem de 18 anos aposentou os pais e faturou mais de R$ 50 milhões em vendas pela internet

atualizado 05/08/2022 14:10

Kayky Janiszewski@kaykyjaniszewski/Instagram/Reprodução

Aos 18 anos, o empreendedor e influenciador digital Kayky Janiszewski contrariou tudo o que se fala sobre mercado de trabalho, carreira e enriquecimento. O brasileiro se tornou referência no que diz respeito a alcançar a independência financeira ainda jovem.

Investindo em marketing digital, Janiszewski, em dois anos, aposentou os pais e faturou mais de R$ 50 milhões em vendas pela internet. Hoje, além de não precisar mais se preocupar com as finanças familiares, ele tem uma vida completamente diferente da que tinha antes de decidir empreender.

“No meu primeiro emprego tradicional, que era cansativo e aborrecedor, percebi que não iria progredir financeiramente daquela maneira. Então, larguei e fiz tudo o que precisava por conta própria”, afirma ele.

Não há dúvidas de que o influenciador é um caso excepcional, pois conquistou a tão sonhada independência financeira ainda na adolescência. De todo modo, ele compartilha, a seguir, quatro dicas valiosas para quem deseja “pendurar as chuteiras” antes dos 30 anos:

Sacrificar o presente pelo futuro

Janiszewski afirma não conhecer ninguém que, sem herança, tenha se aposentado mais cedo do que a média da população sem ter feito sacrifícios. “É o que eu chamo de sacrificar o presente pelo futuro”, define ele.

Segundo o empreendedor, para se aposentar ainda jovem, é preciso reduzir os gastos de consumo e trocar o tempo livre pela atividade que vai enriquecê-lo. “Em outras palavras, é necessário avaliar o quanto se está disposto a sacrificar a felicidade no presente pela recompensa mais para frente”, diz.

cofre de porquinho com moedas
É preciso reduzir os gastos de consumo e trocar o tempo livre pela atividade que vai enriquecê-lo
Investir com sabedoria

“Empresas disruptivas, modelos alternativos de finanças pessoais ou ativos sem regulamentação. Esqueça isso”, instrui o expert. Para ele, a história mostra que, no que diz respeito a investimentos, o melhor a se fazer é seguir os principais índices das bolsas. “A longo prazo, eles garantem rentabilidade, ainda que oscilem em determinados períodos. Investir é dar um uso inteligente ao dinheiro”, explica.

Dedos segurando celular com bolsa de valores na tela
O melhor a se fazer é seguir os principais índices das bolsas
Usar o empreendedorismo como trampolim

Janiszewski revela que foi empreendendo que ele deu um salto na vida financeira. “Não teria conseguido de outra forma. Poderia estudar, conseguir um emprego, continuar me especializando e até obter eventualmente um bom salário, mas não chegaria nem aos pés do salto que dei”, confessa.

A vantagem de empreender, segundo ele, é que a pessoa se torna dona do negócio. “Se você estiver disposto a sacrificar o presente por uma recompensa futura, não há opção melhor”, defende o influenciador.

Jovem mulher sentada na cama com caixas ao lado
A vantagem de empreender, segundo ele, é que a pessoa se torna dona do negócio
Apostar no aperfeiçoamento pessoal

Quanto mais habilidades você desenvolver, mais oportunidades terá de ganhar dinheiro, conforme sugere o empreendedor. “Isso não significa que você precisa obter três diplomas de nível superior para ser competente. Na verdade, é preciso identificar as competências mais demandadas pelo mercado e se capacitar nessas áreas”, fala ele.

“Foi por meio do marketing digital, sem ter estudado isso formalmente, que eu aperfeiçoei as minhas habilidades”, finaliza Janiszewski.

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Mais lidas
Últimas notícias