Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Ana Luisa Cunha Campos revela planos sobre Centro Israel Pinheiro

A empresária estará à frente do empreendimento. Iniciativa promete movimentar o mercado de eventos de Brasília

atualizado 04/02/2020 13:16

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles

Ana Luisa Cunha Campos sempre foi muito próxima dos padres salesianos, congregação religiosa da Igreja Católica fundada em 1859 por Dom Bosco. Em janeiro, a empresária viajou a Belo Horizonte para uma reunião a convite do padre Orestes, antigo inspetor do Centro de Convenções Israel Pinheiro.

Lá, recebeu um pedido mais do que especial: assumir o comando do grandioso empreendimento. Conforme contou ao Metrópoles, o religioso não estava satisfeito com a administração anterior e confiou à Ana Luisa a responsabilidade de revitalizar o local.

Em entrevista exclusiva, a empresária mostrou detalhes do endereço e revelou como vai utilizar seu know how. Antes de aceitar a nova missão, ela atuou no Complexo Brasil 21 e, com os aprendizados adquiridos, pretende fazer com que o espaço volte a ter o glamour de outros tempos.

O espaço

A empresária está muito animada com a inúmeras possibilidades de utilização dos 300 mil metros quadrados, 9o mil de área construída, 70 apartamentos e dois auditórios, com capacidade para 300 pessoas.

No espaço há, também, plenários de diferentes tamanhos. Área de lazer com piscina, churrasqueira com salão de jogos e sauna e quadras de tênis e poliesportivas estão entre os atrativos do Centro Israel Pinheiro.

Além dos treinamentos corporativos de imersão, o local encanta pelo contato com a natureza. O complexo possui uma bela capela, na qual são recorrentes casamentos e batizados.

Segundo Ana Luisa, o governador Ibaneis Rocha já se colocou à disposição para ajudar na renovação do local, pois reconhece a importância do centro.

“Vamos revitalizar. Faremos obras nos dois auditórios, que estão deteriorados. A reforma englobará toda parte de som, iluminação e carpete anti-ruído. Mas não queremos perder a essência do toque de Oscar Niemeyer, com muito concreto, muito a cara de Brasília”, reforça a gestora.

Jacqueline Lisboa/Esp. Metrópoles
Ana Luisa Cunha Campos foi convidada para assumir a administração do Centro de Convenções Israel Pinheiro

 

Queremos utilizar todo o potencial que o espaço tem. O mais incrível é que ainda não fizemos nenhuma ação de marketing e já temos 4 eventos confirmados

Ana Luisa Cunha Campos

O endereço é um oásis de natureza no meio da capital federal. O centro fica às margens do Lago Paranoá, junto à Ermida Dom Bosco, na parte mais limpa do lago. O primeiro prédio do complexo foi construído em 1970. Para homenagear um dos principais engenheiros de Brasília, Israel Pinheiro, batizaram o edifício com o nome do pioneiro.

“A história desse espaço é muito bonita. Os padres trocaram por bolsas de estudo para os filhos dos candangos que construíram o começo de Brasília. Por necessidade de ensino, eles foram estudar no colégio Dom Bosco, existente há 10 anos. Como forma de pagamento, os religiosos receberam a propriedade do terreno”, relembrou a gestora.

Ana Luisa acrescenta que o responsável por fazer a negociação do centro foi Israel Pinheiro. “Por isso, vamos manter o nome, faz parte da história”, complementa.

 

0

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Últimas notícias