*
 
 

Shane Yaw, ou Shane Dawson como é conhecido on-line, é um dos veteranos do YouTube. Desde o início de seu canal em 2005 até o mais recente vídeo, postado em 18 de outubro, ele conquistou mais de 4 bilhões de visualizações nos vídeos extremamente diferentes publicados. Em sua série anterior, com Jeffree Star, o produtor conseguiu mais de 98 milhões de visualizações – número que aumentou drasticamente com a nova série, The Mind of Jake Paul, capaz de reunir 132 milhões de visualizações.

A recente série documental é sobre o youtuber e ex-ator da Disney Jake Paul. Uma figura controversa que fez os fãs de Shane Dawson prometerem deixá-lo por conta da escolha do tema. Isso não impediu o realizador, e em oito episódios de 40 minutos cada – exceto o último de 1h45 –, de contar uma ótima história.

Para explicar o impacto dessa série, deve-se centrar atenção no personagem: Jake Paul. Ele é um dos criadores da agência de produção Team 10. E irmão de Logan Paul – outra figura odiada na internet que se envolveu em uma controvérsia no começo de 2018. Jake acabou sendo amarrado à imagem do irmão, e, em 2017, o jovem influencer também foi acusado de abuso físico e verbal contra sua ex-namorada Alissa Violet.

Feita com delicadeza e sensibilidade, sem deixar de discutir as acusações contra Jake, Shane consegue lançar um pouco de luz sobre o que acontece em uma das casas mais famosas da internet. Na série, ele explora mente, família, inimigos e segredos do rapaz. Apesar dos acertos, a produção não oferece uma conclusão satisfatória.

Embora Shane tenha começado a série com o objetivo de explorar como a mente de um youtuber pode se conectar à de um sociopata, ele conseguiu retratar a evolução orgânica de seu próprio preconceito. Concluindo, assim, que ninguém é vítima na caótica história de vida de Jake Paul.

Talvez o mais revelador seja a cultura acerca dos influencers mais jovens: ostentação, falta de confiança, chantagem e prints de conversas que poderiam arruinar a carreira de alguém são apenas um exemplo dos elementos presentes na vida desses criadores de conteúdo.

O criador
No começo de sua carreira na web, Shane produzia esquetes e paródias de 2 a 5 minutos de duração com personagens originais. Entre 2017 e 2018, o rapaz decidiu deixar de lado essa linha e explorar um tipo de vídeo que o interessava mais: séries documentais ou docu-séries.

 

Em um estilo que caminha entre vlog e documentário, Shane encontrou sua voz há um ano, quando começou a fazer vídeos sobre pessoas reais. Tudo começou quando ele decidiu produzir conteúdo sobre teorias de conspiração, colaborações com outros youtubers e até uma série na qual ele e seus amigos exploravam locais mal-assombrados.

Antes de começar a explorar as vidas de outras pessoas, ele expôs um pouco de sua própria existência e seu relacionamento ruim com o pai (no vídeo intitulado A Verdade Sobre Meu Passado). Em seguida, começou a ajudar pessoas como Bobby Burns e Sophie Pecora.

Avaliação: Ótimo



 


youtubelogan paulshane dawsonSérie Documentaljake paul