Vai fundo! Entenda os motivos do gosto pela penetração profunda

Especialista explica o porquê que tantas pessoas optam por mais intensidade no sexo e se a prática traz algum risco

atualizado 21/10/2020 10:14

Penetração profunda Foto: B2M Productions/Getty Images

Ainda que repertório sexual seja uma coisa relativa, que varia de cada pessoa, não é difícil notar uma preferência de muitas pessoas pela penetração profunda na transa – ainda que seja no calor do momento.

De acordo com o urologista e sexólogo Dr. Danilo Galante, um dos motivos de muitas pessoas serem tão adeptas da penetração profunda é a sensação de proximidade que ela traz, além do próprio prazer proporcionado.

“Na penetração profunda as pessoas ficam mais grudadas. Sem contar que podem ter mais prazer, porque o órgão genital tem sensibilidade por área de contato. Logo, quanto mais dentro o órgão estiver, maior pode ser o prazer para as duas partes”, explica.

Por outro lado, há quem sinta incômodo durante uma penetração mais profunda – principalmente entre as mulheres. O médico aponta que isso acontece pelo contato com o colo do útero, que pode machucar.

“Dependendo do caso pode causar alguns hematomas e cólicas, então nem sempre agrada. Mas, a longo prazo, não é algo que traga complicações”, afirma.

Para as mulheres que usam DIU, Dr. Danilo garante que não precisam restringir a penetração profunda, a não ser que cause incômodo.

Se você é do time que gosta de uma penetração mais intensa na hora da transa, a Pouca Vergonha já trouxe algumas opções de posições que a favorecem. Relembre:

0

 

Últimas notícias