Mulheres brocham? Há ao menos 6 motivos para isso acontecer; veja

De preliminares muito rápidas a falta de higiene, sexóloga aponta fatores que podem colocar tudo a perder antes do sexo

Foto: Getty ImagesFoto: Getty Images

atualizado 07/11/2019 20:19

Quando se fala na palavra “brochar”, a primeira coisa que vem à cabeça é um pênis “sem emoção”, o que faz com que o termo seja relacionado apenas aos homens. Porém o que muita gente não sabe é que, sim, mulheres também brocham.

De acordo com a sexóloga Luísa Miranda, a justificativa da brochada também valer para as mulheres é anatômica. “Brochar está associado à falta de ereção masculina, e, pensando por esse ponto de vista, as mulheres também têm ereção. Nelas a ereção é clitoriana, que consiste no inchaço do clitóris por meio do aumento de fluxo sanguíneo na região no momento da excitação. Logo, elas também brocham”, explica.

Muitas coisas podem brochar ou excitar uma mulher, e elas variam não só de pessoa para pessoa, mas também de acordo com o momento e as experiências de cada um. “Nossas experiências e maturidade vão trazendo novas formas de ver e sentir as coisas, o que influencia em como nos sentimos e manifestamos a sexualidade. Com o passar do tempo ressignificamos as coisas, e aquelas situações que antes nos brochavam ou excitavam mudam”, pontua.

Independente disso, há coisas que, de modo geral, sempre dão aquela esfriada em qualquer uma na hora do “vamos ver”. Após fazer uma enquete com diversas participantes, a sexóloga listou as seis principais coisas que podem secar as mulheres:

Falta de atenção ao desejo da mulher
Muitas não sabem o que gostam como realmente deveriam, mas isso não dá ao homem o direito de impor aquilo que ele acha melhor porque viu em algum filme. Leve como uma sugestão e comece aos poucos. A mulher precisa se sentir confortável para conseguir relaxar e curtir.

Higiene
Deveria parecer óbvio, mas, infelizmente, não é. Não é sobre manter tudo lisinho, sem pelos (ausência de pelos não significa higiene), é sobre tomar banho mesmo. Todos nós transpiramos durante o dia e estamos em contato com bactérias o tempo todo, ou seja, banho é uma questão de saúde. E, cá pra nós, gente cheirosa é tudo de bom, né? Escovar os dentes é muito importante também.

Sexo não é só penetração
Lugar de britadeira é em obra. Claro que cabe aquele sexo selvagem às vezes, mas o toque, o cheiro, as mordidinhas e lambidinhas no corpo todo podem ser bem interessantes. Todo nosso corpo é orgástico, então explore e divirta-se.

Preliminares muito rápidas
Muitos fazem a pergunta ‘como fazer uma mulher chegar ao orgasmo?’. “O que eu mais acho interessante é que quem a faz normalmente se importa mais com o próprio ego (de ter sido o cara que a fez chegar ao orgasmo) do que em criar um ambiente emocional e fazer com que a parceira se sinta à vontade para se curtir e se tocar sem julgamentos. Explorem as fantasias durante o dia, se provoquem com palavras, memes, fotos, gifs e divirtam-se com tudo isso. Sexo gostoso é aquele que você pode ser você mesmo. Ah, e vale lembrar que sexo oral já é sexo!”, indica.

Palavrões e tapas de amor
Não é toda mulher que gosta de ser xingada ou de levar uns tapas na bunda ou em outros lugares. Uma boa conversa sobre o que agrada a cada um pode ser uma excelente forma para iniciar algo mais fogoso. Às vezes, um vinhozinho e uma boa música ajudam a compor o clima.

Sexo é uma troca, não uma obrigação
Se você não está com vontade de transar naquele momento, mas quer ficar, se permita assistir um filme, ler algo, se tocar. Sem aquela pressão de que tem que chegar ao orgasmo. Sexo também é sexo quando o orgasmo não está presente. Caso a vontade não surja (afinal, não existe um botão de liga e desliga), aceite e está tudo bem. Caso seu parceiro esteja com vontade, ele pode se masturbar na sua presença, por exemplo. O que não dá é para transar sem querer. Sexo não é nenhum favor que você presta ao outro. Amor próprio, hein?

SOBRE O AUTOR
Thamara Oliveira

Estudante do curso de jornalismo no Centro Universitário Iesb, já passou pela redação do site GPS|Lifetime, nas editorias de Lifestyle, Entretenimento, Variedades e Cotidiano, e por assessoria de imprensa, onde atendeu clientes de saúde, gastronomia e entretenimento.

Últimas notícias