*
 
 

O humorista Whindersson Nunes desabafou após a polêmica no programa Caldeirão do Huck do último sábado (30/6). Na atração, o artista estava ao lado de Luciano Huck e, enquanto o apresentador falava, Whindersson fingia traduzir tudo para libras. Isso gerou revolta na comunidade surda do Brasil.

“Eu fui no Luciano Huck e aí foi legal, eu fiz um monte de coisa, e aí depois eu comecei a receber um monte de comentário da comunidade de deficientes auditivos dizendo que não gostou que eu fiz a brincadeira com as mãos, da libra. Eu não sabia que isso ofendia as pessoas, então eu queria pedir desculpas, tá? Porque realmente foi ignorância minha, não foi querendo fazer uma brincadeira para diminuir a língua de vocês, eu realmente não sabia que isso ofendia, mas desculpa aí“, disse por meio do Stories do Instagram.

Logo depois, Whidersson disse que procurou entender o motivo de as pessoas não gostarem da brincadeira. “Eles falaram que é porque as pessoas não dão valor para essa língua, que é uma língua oficial do Brasil, libras. E que eles só se comunicam entre eles porque ninguém sabe libras e quando tem um artista ou alguém famoso sempre brinca, em vez de fazer libras de verdade”, contou.

O artista ainda se comprometeu a aprender libras e a ensinar. “Foi até bom porque eu fiquei sabendo disso e o que eles queriam? Eles queriam que todo mundo soubesse falar libras, porque só sabe falar libras quem tem alguma deficiência auditiva ou algum interprete de libras, mas as pessoas em geral não sabem. Então eles queriam que todo mundo soubesse! Então, eu fico aqui muito aberto a aprender libras e passar libras pros meus seguidores!“, disse.



 


Whindersson NuneslibrasDeficiente auditivo