Romero Britto sobre mulher que destruiu escultura: “Quer ficar famosa”

Artista se diz vítima de empresária e afirma que ela ameaçõu a integridade física das pessoas presentes na galeria

atualizado 15/08/2020 18:28

O artista plástico Romero Britto acredita ter sido vítima da mulher que atirou uma de suas obras no chão. Em uma nota publicada em seu Instagram, o brasileiro lamentou o episódio, negou ter humilhado alguém e disse que algumas pessoas “gostam de confusão”.

“É lamentável, mas a integridade física das pessoas foi colocada em risco naquele momento. Infelizmente há alguns que querem ficar famosos às custas dos outros”, afirmou o pintor.

Segundo Romero, o vídeo é antigo, de 2017. O caso, porém, ganhou repercussão após o registro ser divulgado nas redes e viralizar. Nele, a mulher joga uma escultura assinada pelo artista, avaliada em R$ 26 mil, no chão, após discutir com ele.

A empresária teria ganhado a obra de presente, mas decidiu se desfazer da escultura após funcionários de seu restaurante relatarem humilhações por parte de Romero Britto. O estabelecimento fica em frente à galeria do artista.

0

“Eu exijo que você nunca vá ao meu restaurante e ofenda minha equipe. Eu te respeitava como artista”, diz a mulher na filmagem.

Romero também negou as acusações feitas pela dona do restaurante. “Através da minha arte meu propósito sempre foi o de levar alegria, amor e esperança a todos. Não admito desrespeito e jamais tive a intenção de desrespeitar alguém”, defendeu-se Romero.

“Vou continuar minha missão de alegrar o mundo. Nós nunca precisamos tanto de amor, felicidade, esperança e otimismo”, completou.

Últimas notícias