Reynaldo Gianecchini nega querer ter filho: “Falaram até nome da mãe”

"Vira e mexe as pessoas insistem nessa tecla", desabafou o ator, que está no ar em A Dona do Pedaço

atualizado 04/09/2019 15:18

Prestes a assumir a paternidade de seu filho em A Dona do Pedaço, Reynaldo Gianecchini não tem planos de se tornar papai por agora. Em entrevista ao jornal Extra, o galã de 46 anos desmentiu boatos que circularam recentemente de que havia contratado uma barriga de aluguel para ter um herdeiro.

“Vira e mexe as pessoas insistem nessa tecla. É 100% fake news, não existe nada de verdade. Falaram até o nome da mãe. A menina entrou em contato com a minha assessoria pensando que eu que tinha plantado a nota e eu achei que era ela. Ela ficou muito chateada porque é casada”, garantiu o global.

Apesar de não querer cuidar de bebê, Gianecchini tem dois cachorros e pretende aumentar a família de caninos. “Eu já estou querendo ter o terceiro. Aí quando eles começam a mijar demais no sofá e no tapete, eu falo: ‘Não, vamos parar por aqui'”, brincou.

Acerca de seu personagem na novela das 21h, o ator esclareceu: “O que vai ser a gente não sabe. Tem gente que já está torcendo por Régis e Maria da Paz, mas outros ainda estão muito bravos com ele. Eu brinco que eu tenho que conquistar à unha esse público. O objetivo do Régis agora é ajudar a Maria da Paz, se redimir e se transformar mesmo em todos os sentidos”.

“Eu estou achando o Régis o personagem mais bonzinho da novela, não é por nada não. Ele fica legal, não é mentira!”, disse ainda, referindo-se à brusca mudança de comportamento do personagem.

“Eu gosto dessas redenções, dessas transformações, porque eu acho possível mesmo. Na vida, às vezes acontece, geralmente, uma coisa muito trágica ou um choque muito grande para a gente mudar. No caso dele, a possibilidade da morte, fez repensar tudo”, disse.

SOBRE O AUTOR
Saullo Brenner

Integrante da equipe do portal desde agosto de 2017, atua como repórter e social media. É autor do livro A Confissão de Palomino, publicado em 2019 pela Editora Metrópoles, e foi finalista do Prêmio Abracopel, na categoria Internet, em 2018.

Últimas notícias