Quadro do Caldeirão do Huck termina com ambulância e bombeiros

A atração tentava bater um recorde de dominó humano quando um participante sentiu dores fortes

GLOBO/DIVULGAÇÃOGLOBO/DIVULGAÇÃO

atualizado 19/08/2019 16:22

A televisão pode ser muito enganosa. Quem assistiu ao Caldeirão do Huck do último sábado (17/08/2019) nem imagina que a gravação de um quadro terminou em correria, ambulância e bombeiros. As informações são do Blog do Leo Dias.

Segundo o site dele, um senhor passou mal durante o desafio de formar um dominó humano. O homem teria sido atingido por outro participante e sentiu dores fortes no joelho. O desconforto foi tão grande que ele precisou ser levado de ambulância para o hospital.

“Após receber os primeiros atendimentos dos bombeiros e equipe médica que acompanhavam a gravação, ainda no local, foi levado para o hospital para avaliação e recebeu alta no mesmo dia”, informou a nota mandada pela Globo para Leo Dias.

O desafio do programa era bater o recorde de 2016 de dominó humano, que pertence à China. Para isso, o Caldeirão reuniu 2019 pessoas em um pavilhão para a tentativa. Os colchões usados foram doados para caridade.

SOBRE O AUTOR
Isabella Cavalcante

Formada em jornalismo pelo Centro Universitário de Brasília (UniCeub), fez parte da equipe de Vida & Estilo do portal por quase dois anos, editoria na qual abordou, principalmente, temas de comportamento e produziu perfis. Em 2018, foi finalista do Prêmio Netherlands Hanseniasis Relief - Brasil. Atualmente, integra a equipe de Redes Sociais e é pós-graduanda em Direitos Humanos.

Últimas notícias