Ex-BBB Antonio se explica após não reconhecer paternidade da filha

O ex-brother conheceu Luzia Rafaela Duarte de Araújo e eles teria ficados juntos em um fim de semana

atualizado 23/10/2018 10:01

O ex-BBB Antonio Rafaski resolveu se explicar após sumir e não assumir a paternidade de uma criança que nasceu há 2 meses. O caso, revelado pelo jornalista Leo Dias, do Fofocalizando, veio à tona nessa segunda-feira (22/10). O ex-brother conheceu Luzia Rafaela Duarte de Araújo e eles teria ficados juntos em um fim de semana. A jovem teria uma vida tranquila e não estaria se aproveitando da situação.

Em nota, o ex-BBB disse que não reconheceu a paternidade da criança porque estava sem tempo devido a “compromissos profissionais”. “Estou em uma sequência intensa de trabalhos que preciso cumpri-los, antes do meu retorno à Vila Velha (ES) para evitar multas contratuais”, disse Antonio no comunicado.

0

Além disso, o rapaz afirma que ele e toda a família estão ansiosos para que a menina tenha o seu sobrenome. “Jamais fugiria de minhas responsabilidades, como homem e principalmente, como pai!”, escreveu o ex-BBB. Confira a íntegra da nota abaixo.

“No dia de hoje fui surpreendido com uma notícia publicada pelo jornalista Léo Dias em sua coluna no Jornal O Dia sobre uma bênção que recebi inesperadamente – minha filha Cecília, fruto de um rápido envolvimento que tive com a Luiza Araújo, a quem prezo muito por ser mãe de minha filha e por quem tenho respeito por saber que não é uma situação fácil, principalmente neste período de puerpério. Infelizmente, sabemos que quaisquer histórias têm ambas versões e gostaria de esclarecer alguns fatos. Quando fiz o exame de DNA, o realizei consciente da responsabilidade que a partir daquele momento poderia fazer parte de minha vida como um todo e após o resultado positivo, é inevitável que a alegria tomou conta de mim .Como homem, saber que tem um ser humano  que nasceu com seu sangue é motivo de orgulho. Ressalto que como um influenciador digital, meu cotidiano é diariamente registrado e todos que têm acesso às redes sociais acabam por saber cada local que estou em tempo real. Para finalizar e sem causar polêmicas, afinal estamos lidando com a vida de uma menor inocente e que não merece estar envolvida em assuntos gerados via internet, estou particularmente ansioso para conhecer minha filha e poder tê-la em meus braços, oferecendo assim meu amor paternal. Entretanto estou em uma sequência intensa de trabalhos que preciso cumpri-los, antes do meu retorno à Vila Velha (ES) para evitar multas contratuais. Tanto eu quanto todos de minha família estamos ansiosos para que nossa menina tenha nosso sobrenome e possa conviver conosco! Jamais fugiria de minhas responsabilidades, como homem e principalmente, como pai! Um grande abraço a todos e obrigado aos comentários me parabenizando por esse momento único em minha vida.”

Últimas notícias