Ex acusa Glamour Garcia de agressão, mas implora para voltar

A atriz já havia registrado queixa contra Gustavo Dagnese, que afirmou nunca tê-la agredido

ReproduçãoReprodução

atualizado 04/02/2020 16:57

O ex-namorado da atriz Glamour Garcia registrou uma queixa contra ela cerca de um mês após a global tornar pública uma briga entre eles. Gustavo Dagnese contraria as afirmações dela, de que ele a teria espancado.

Na ocasião, Glamour chegou a denunciá-lo e foi submetida a exames de corpo de delito. De acordo com o jornal Extra, Dagnese passou pelo mesmo procedimento para provar que a eterna Britney de A Dona do Pedaço o teria agredido.

“Eu não fiz nada. O desentendimento aconteceu após uma noite de festa. Viramos a noite. De manhã, por volta das 10h, fui à piscina e ela ficou no quarto ensaiando algum projeto. Estava bem emocionada e alcoolizada. Saí, comprei algo para comer… Voltei três vezes para chamá-la e me fazer companhia”, relatou o produtor de festas.

“Na terceira vez, ela tinha derramado um litro de chá em todas as minhas roupas. Comecei a questionar o por quê disso e, quando comecei a arrumar minhas coisas para ir embora, ela me trancou e começou a quebrar o que era meu”, prosseguiu ele.

Dagnese afirmou ter ignorado a então namorada e decidido filmá-la. “Ela pegou minha mochila e jogou no chuveiro mesmo sabendo que minha guia estava lá dentro e conforme o respeito à minha religião aquela guia não se banha em água. Retirei e a coloquei no pescoço. Impulsivamente, a Daniela puxou com vontade de quebrar e acabou me ferindo, pois a guia é feita de nylon”, disse.

Ele contou ter pedido socorro e sido ajudado por pessoas que estavam no restaurante. “Abriram a porta e fui embora. Não existiu agressão da minha parte”, garantiu.

O depoimento de Dagnese virará inquérito a partir da queixa feita na 17ª DP de Santa Cecília, em São Paulo. Conforme o Extra, o produtor disse estar sendo ameaçado.

“Mano, as pessoas olham para mim com ódio! Nem me conhecem. Me xingam e já ameaçaram me bater”, declarou Dagnese, que afirmou, ainda, investidas da ex para ele “se dar mal” com seu trabalho.

“Ela pediu para várias pessoas não alugarem meus equipamentos. Sendo que vivo disso”, afirmou. Por fim, Dagnese admitiu ser ciumento, mas refletiu: “Eu ainda a amo. Se não fosse por mim, ela não teria segurado a onda da fama. Ela também é muito ciumenta. A gente se gosta realmente. Eu só quero que ela faça uma retratação, mas se for para a gente voltar, fico até de joelho, peço perdão, apesar de não ter feito nada”.

SOBRE O AUTOR
Saullo Brenner

Integrante da equipe do portal desde agosto de 2017, atua como repórter e social media. É autor do livro A Confissão de Palomino, publicado em 2019 pela Editora Metrópoles, e foi finalista do Prêmio Abracopel, na categoria Internet, em 2018.

Últimas notícias