Esposas devem transar para não serem traídas, diz Patrícia Abravanel

A filha de Silvio Santos deu a opinião machista durante o Jogo dos Pontinhos

Reprodução/InstagramReprodução/Instagram

atualizado 02/09/2019 8:48

Patrícia Abravanel entrou em mais uma polêmica nesse domingo (01/09/2019). Durante o programa do pai, Silvio Santos, a apresentadora pregou, usando a Bíblia, que as mulheres são obrigadas a fazer sexo sempre que os maridos quiserem ou correm o risco de serem traídas.

A afirmação foi feita durante o Jogo dos Pontinhos e veio como resposta à pergunta: “É normal a mulher dizer que está com dor de cabeça para não fazer amor?” Quando chegou a vez de Patrícia, ela frisou que isso não é normal pois, segundo a Bíblia, esposas precisam estar prontas para manter relações sexuais com seus maridos na hora em que eles desejarem, “para que eles não procurem fora”.

Por sorte, outras convidados da atração tinham pensamentos menos retrógrados e confrontaram o discurso machista de Abravanel. Lívia Andrade, uma das apresentadoras do Fofocalizando, foi categórica: “Se uma hora a gente não quiser, não precisa mentir, tem que falar a verdade: ‘Não estou a fim e pronto'”. Veja algumas reações no Twitter.

SOBRE O AUTOR
Rafael Campos

Jornalista formado pela Universidade Federal do Piauí (UFPI). Atuou como repórter e editor do Sistema Meio Norte de Comunicação, em seu estado, até 2010. Ao chegar a Brasília, trabalhou por cinco anos no jornal Correio Braziliense como repórter e colunista. Desde 2016, é social media no Metrópoles. Entre suas premiações, recebeu o 2º Prêmio Inovação de Jornalismo; o 1º Prêmio SBPT de jornalismo em Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), o Prêmio Sebrae de Jornalismo e o Goethe-Institut Journalism Award for Young Journalists.

Últimas notícias