Denilson acusa Belo de dever R$ 5 milhões após decisão da Justiça

O ex-jogador processou o músico por danos morais após comprar os direitos da banda Soweto e Belo abandonar o grupo

AgNews/DivulgaçãoAgNews/Divulgação

atualizado 12/07/2019 14:07

O ex-jogador Denilson de Oliveira, 41 anos, acusa o cantor Belo, 45, de reter o valor de R$ 5 milhões em indenização após ganhar um processo contra o artista na Justiça. Em entrevista ao TV Fama, Denilson relembrou a polêmica, iniciada após ele comprar os direitos da banda Soweto.

Na época, Belo era vocalista do grupo, mas o teria abandonado. Logo após, Denilson o processou por danos morais e venceu a causa. “O caso do Soweto, que é lá no passado, já é uma causa ganha, só estou esperando ele me pagar”, disse ao programa.

À atração, exibida na quinta-feira (11/07/2019), o ex-jogador ainda desabafou: “Não [tem] briga na Justiça […] Agora está nas mãos dele [Belo], em poder me pagar ou não […] É ter um pouco de responsabilidade e começar a me pagar”.

Denilson também relembrou outra desavença protagonizada com o artista. “No último caso, ele me processou por eu ter cobrado ele em uma rede social”, disse, sem entrar em detalhes.

SOBRE O AUTOR
Saullo Brenner

Integrante da equipe do portal desde agosto de 2017, atua como repórter e social media. É autor do livro A Confissão de Palomino, publicado em 2019 pela Editora Metrópoles, e foi finalista do Prêmio Abracopel, na categoria Internet, em 2018.

Últimas notícias