Band demite dono do TV Foco após fake news sobre Gugu Liberato

A assessora de Gugu Liberato, Esther Rocha, disse que vai procurar a Justiça contra o site e Aaron Tura

atualizado 13/12/2019 17:05

A Band decidiu demitir o jornalista Aaron Tura, que trabalhava no programa Melhor da Tarde, de Catia Fonseca, e é o dono do site TV Foco. Segundo o site Notícias da TV, a péssima repercussão de uma fake news sobre Gugu Liberato divulgada na página de Aaron foi o que motivou o afastamento definitivo.

O TV Foco é conhecido por manipular notícias e sempre usar da prática do click bait. No caso de Gugu Liberato, o site escreveu a matéria: “Roberto Cabrini faz descoberta avassaladora na morte de Gugu e é ameaçado pela família: ‘A verdade vai aparecer'”. A assessora de Gugu, Esther Rocha, enviou vários áudios para o TV Foco e disse que não foi procurada para dar o posicionamento da família.

0

Em áudios divulgados na internet, Esther chama o TV Foco de lama. “É uma vergonha para o jornalismo de celebridades. Um caça-cliques com chamadas escandalosas”, disse Esther. Além disso, a assessora afirmou que vai entrar na Justiça contra a página.

Depois da fake news sobre Gugu, o TV Foco ainda foi acusado de deturpar um post feito no Instagram pela atriz Isis Valverde. Na imagem, ela estava amamentando o filho e escreveu na legenda: “Hoje tem Amor de Mãe”, em referência à novela. O TV Foco, então, escreveu na manchete: “Isis Valverde mostra os peitos em foto íntima e faz grande anúncio: ‘Hoje tem'”.

Depois das várias críticas negativas, o site emitiu um erramos e disse que “não compactua com nenhuma forma de sexualização da maternidade. Aaron Tura e o TV Foco ainda não se pronunciaram sobre a demissão.

Últimas notícias